more from
Sterns Music

Avante Delírio

by Saulo Duarte

supported by
umlaut
umlaut thumbnail
umlaut Jeez! These tracks are just lovely. Makes me high on love wow!
Faisal Jewell
Faisal Jewell thumbnail
Faisal Jewell When I listened to it, I imagined that I'm exploring the Rainforests of Northern Brazil and also, Exploring the Streets of São Paulo. Favorite track: Rebuliço.
/
  • Record/Vinyl + Digital Album

    A1 - Rebuliço
    A2 - Flor do Sonho
    A3 - Avante Delírio
    A4 - Não Existe Resposta Para 'Eu Te Amo'
    A5 - Ela Foi Ver a Lua

    B1 - Tapume
    B2 - Estrela D'Água
    B3 - Se Esqueça Não
    B4 - As Luzes da Cidade
    B5 - Tropa de Meninxs
    B6 - Praça de Guerra

    Includes unlimited streaming of Avante Delírio via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.
    ships out within 5 days

      £15 GBP or more 

     

  • Compact Disc (CD) + Digital Album

    Cover art and photo by Paola Alfamor

    Includes unlimited streaming of Avante Delírio via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.
    ships out within 5 days

      £12 GBP or more 

     

  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.
    Purchasable with gift card

      £7 GBP  or more

     

1.
03:55
2.
3.
4.
5.
6.
03:12
7.
8.
9.
10.
11.

about

Avante Delírio (roughly translating as 'Onward Delirium') is the first album of Saulo's that is truly his alone, and it's here he has placed some of his most intimate and genre defying songs. Which is not to say that he worked on it alone, and production credits are generously shared with bassist Zé Nigro and drummer Curumin.

Ultimately, Avante Delírio is Brazilian music influenced by Brazilian music, and while always rooted in the sound of his native North, it pays homage to, among others, the first recordings by Jards Macalé, "Só Morto" (1970), and Jorge Ben's "Tábua de Esmeralda" (1974).

Sterns Music is proud to present, for international release on CD, vinyl and digitally, this pivotal new album from one of the leading lights of Brazil's vibrantly independent music scene.

credits

released March 22, 2019

Produced by Saulo Duarte, Curumin and Zé Nigro

Recorded at Red Bull Studio by Rodrigo 'Funai' Costa and Alejandra Luciani; Studio Navegas Cantareira by Zé Nigro and Lenis Rino; Studio YB by Fernando Rischbieter; Klaus Haus Studio by Klaus Sena; and Matraca Records by Pedro Vinci

Mixed by Fernando Rischbieter, Pedro Vinci and Carlos 'Cacá' Lima at Studio YB

Mastered by Carlos 'Cacá' Lima at Studio YB

A&R by Maurício Tagliari
YB Label Management: Benoni Hubmaier

Cover art and Photography by Paola Alfamor
Design by Darren Rumney

license

all rights reserved

tags

about

Saulo Duarte São Paulo, Brazil

Born and raised in Belém, Pará, Saulo Duarte's guitar playing is rooted in the Country-style picking of 'guitarrada' music from the north of Brazil. But Saulo is now living in São Paulo, the nation's commercial hub, and with his more international sound, has become one of Brazil's most in-demand musicians. He has previously released three albums with his former collective Saulo Duarte & A Unidade. ... more

contact / help

Contact Saulo Duarte

Streaming and
Download help

Redeem code

Track Name: Rebuliço
Tudo que reluz não quer dizer
que é ouro então rebola
rebola, rebola

O que não se mede
e pode ser sentido rebola
rebola, rebola



Semente cresce 
pra ser vivo e rebola
rebola, rebola

Toda criança é 
um paraíso que rebola
rebola, rebola

Que a fé se faz na dança
no suado do prazer
no sorriso da lembrança
que ainda vai acontecer


e segue o passo
deixa a brincadeira rolar

Track Name: Flor do Sonho
Lanço-me agora nesse salto
Eu já não tenho medo do escuro
Escolho um caminho confortável
E mostro o meu lado mais seguro

As vezes soa um pouco atravessado
A minha voz urgente te dizendo
Que eu já não tenho tanto tempo assim
E o que sobrou do tempo pra mim

Eu penso em você
E em nós dois
A flor no teu cabelo
A cor do sonho
Vem amor
Que a vida nos convida pro passeio

Sigo tua dança, acalmo o passo
Adapto-me ao nosso andamento
Teu corpo me encontra no espaço
Procuro aproveitar esse momento

De noite no cinema do meu quarto
Ainda estou no seu apartamento
Os fatos se alinham no acaso
Os astros tem lugar no firmamento

Eu penso em você
E em nós dois
A flor no teu cabelo
A cor do sonho
Vem amor
Que a vida nos convida pro passeio
Só nós dois nas horas generosas do sossego
E depois podemos desvendar outros desejos
Se a gente ta afim, tudo será
Track Name: As Luzes da Cidade
Vou esperar um tempo até dormir tranqüilo
Pois sempre que me encontro assim nesse estado
Um pouco apressado, um tanto apreensivo
Acho que é melhor ficar ligado
E ter a consciência de que é bom estar vivo
Manter os pés no chão é um mal necessário
Pois como já dizia um grande amigo
Que sempre repetia o mesmo ditado
Quem espera alcança seu objetivo
Mas não adianta esperar sentado
E que pra não ter problema 
As vezes é melhor calar pra não perder a razão
E mais uma criança nasceu
As luzes da cidade imploram atenção

<olho de pimenta, casa dos amigos
Ter o que comer é ser abençoado
Além dessa conversa e da simpatia
Onde o abraço é muito natural
Eu vou falar de alguma coisa boa
E vou ficar em paz no coração
Que eu só entendo a língua
De quem olha no olho

Track Name: Não Existe Resposta Para 'Eu Te Amo'
Agora não dá mais pra segurar
Dentro do meu peito
Depois desse fim de semana
Não há nada mais bacana
Do que o nosso sofá
Vem! Vamos receber os amigos
Bota um som, escolhe um disco
E quando o dia anoitecer
Eu e você

Vamos viajar: praia do amor
Rio grande é o coração
Pra ver o Sol nascer
Não precisa de dinheiro
Só disposição
Vem! Fica mais um tempo comigo
Faço um rango enquanto isso
Você busca o que beber

E quanto a mim eu vou beber você


Track Name: Se Esqueça Não
será que você esqueceu?
será que já nem lembra mais?
eu não me esqueço, ainda lembro
do beijo que você me deu

ouvi dizer do seu novo amor
que as coisas não andavam bem
e que você até foi por ai
quase parou em belém

e eu não gosto dessa conversa
de ver seus olhos tão sem cor
pois sei que a gente ainda se adora
e chega chora de amor

e eu não gosto dessa conversa
de ver você tão triste assim
te peço pra não ser tão louca
como disse alípio martins

Track Name: Tapume
Tapumes
Pés de mamona
Cortinas de
Acontecimentos
Sublimes
(A queda de um anjo
Ou pipa)
Molduras esqueleticas
Ex motocicletas
Assassinos
Amantes & balões 
Girassol
Aluminium
Lua sangrando
Chassi de Opala
Cemitério de entulho
E bichanos
Um terreno baldio se faz 
Portal
Suporta a cidade
Que não sabe 
Ser vazia

Track Name: Estrela D'Água
Eu vejo a beleza da noite sorrindo
Quando ninguém está
Lá fora é um tempo tão bom
Que me faz esquecer o que passou
E dentro percorre um caminho
Menino sozinho sem véu
O sangue que engulo calado
Quando meu sapato não cabe no pé

Agora em tempo eu vejo
Uma estrela cair no chão
Sem ar no horizonte
Ela paira sem água no corpo
Do sétimo andar é mais perto 
Ouvir os lamentos do céu
Mas ninguém se importa
Com as vozes que gritam socorro

Hoje vai sair a tropa de meninos
Pela cidade a vadiar e a inventar
Novas possibilidades de ser,
De sentir, de viver com mais dignidade
Track Name: Ela Foi Ver a Lua
Ela foi ver a lua
De um outro ponto de vista
Mesmo que ainda demore
Eu espero sua visita
Oxigenando o cérebro
Para não pensar no erro
Olhos na boca da noite
Boca no batom vermelho
O beijo!

E gira, gira, gira, giramundo
Que agora não é hora de voltar
Pra ver como as coisas são feitas
Só mesmo indo lá pra saber

O gosto, o cheiro
E como isso deve ser
São coisas que eu penso
Depois daquele abraço


Track Name: Praça de Guerra
Os limites da cidade
Até quando o corpo aguenta?
Não vai caber outra cidade
Nenhum corpo mais agüenta

As vezes eu me perco nessas ruas
Não sei quem sou e sou nada
Como o frio que matou o indivíduo na madrugada
Feito aquele outro homem que atravessou a calçada
Quando me viu se aproximar

A ilusão da liberdade
Uma grande violência
Não vai ter mais liberdade
Só o barulho violento

Muito sangue derramado
Outra explosão no centro
Praça de guerra
De repente uma enorme ferida outra vida se encerra
E uma estrela duvida que isso aconteça na terra
Esse não era o lugar que eu costumava andar


Track Name: Avante Delírio
Penso num sonho que tive e que nunca mais deixou de existir
Luz nos meus olhos e todas as cores girando
Veio me avisar
Foi sem me dizer

Mas eu prisioneiro do tempo
Distraio meu faro e não me aproximo
Um passo, um quase, um perto do meu eu-menino
Vou me embriagar com esse perfume

Na aurora a mecha que fecha a fresta de sol
Que me ganha do mundo
Avante delírio eu sigo fitando o futuro
Cego aprendiz, só é feliz

Se a sorte lhe trás abrigo
Se o luar prepara o prazer
Passo a passo se enxerga mais claro o caminho
E só o que pode ser, o Sol que pode ser


If you like Saulo Duarte, you may also like: